segunda-feira , março 18 2019
Home / Bem-Estar / BAGtérias atiracolo
Yasonya-Messy-Purse-Shutterstock

BAGtérias atiracolo

Você não imagina a quantidade de bactérias que estão presentes na sua mão nesse exato momento! Elas estão por toda parte, onde você menos imagina.

Sabia que agora existem vários deles passeando pelos itens que você mais tem contato? Tipo, carteira, batom, escova de cabelo…

Na sua bolsa, por exemplo, tem milhares deles. Imagino que você não tinha pensado nisso antes, não é?

Então confira nessa matéria alguns itens básicos que carregamos na bolsa e que estão cheios desses microorganismos “invisíveis”, e saiba como se livrar desses indesejáveis.

Batom Para não adotar um sorriso amarelo de doente, fuja dos batons com validade vencida. Emprestou à amiga? Hiii! Cuidado! Você pode pegar herpes labial, candidíase oral (sapinho) e cáries. Contaminado, serve de trampolim ao germe causador da gastrite e da úlcera.

Alimentos Germes adoram qualquer alimento, em particular os que contenham umidade e açúcar. Em contato com alguns desses microorganismos maléficos, uma simples goma de mascar facilmente causa diarreias e dores abdominais. Melhor manter tudo selado com plástico e eliminar as embalagens abertas no prazo máximo de 48 horas.

Escova de dente Além de trocá-la de três em três meses, no máximo, a cada uso é bom lavá-la com água e álcool especialmente se a deixa exposta no banheiro antes de colocá-la na bolsa. As cerdas podem abrigar desde bactérias fecais até as causadoras de otite, conjuntivite e sinusite, por exemplo.

Comprimidos Pode ter certeza: consumir remédios que ficaram expostos ao oxigênio e ao calor dentro da bolsa pode provocar uma bela dor de cabeça. O ideal é levar com você só a quantidade para consumo diário. E num recipiente.

Absorvente Tanto o tipo tradicional quanto o tampão interno costumam ser envoltos em papel frágil, que se rasga com facilidade. Resultado: portas abertas para a sujeira que fica grudada no revestimento interno da bolsa. Para não arriscar pegar uma infecção vaginal, mantenha apenas um ou dois, dentro de um nécessaire menor, em saco plástico novo e lacrado.

Pente e escova de cabelo Suas cerdas e dentes podem abrigar fungos da caspa e de várias infecções, sem falar no ácaro, o vilão das alergias. Para manter esse arsenal da penteadeira tinindo, lave tudo a cada dois dias com água e sabão.

Carteira Nosso rico dinheirinho transporta germes que provocam otite, conjuntivite, sinusite, doenças alimentares e até o germe causador de candidíase e unheiros, além de fungos das micoses. Mais: vírus responsáveis por gripes, resfriados e outras doenças nada agradáveis convivem ali numa boa. Para se proteger, lave bem as mãos. Géis antissépticos são úteis, mas não sem antes um “pit stop” na torneira. Em vez de limpar, podem fixar a sujeira ali presente.

Celular Não vive sem ele? Xii… Esse é um dos objetos mais contaminados do mundo atual. Sua sujeira é semelhante à encontrada na sola do sapato e pode conter todos os microorganismospresentes também no dinheiro. Para limpar seu aparelho, use álcool isopropílico, à venda nas farmácias de manipulação. E todos os dias!

Confira Também

sinais-de-cancer-de-mama

Mês da mulher: médico fala sobre a sexualidade no tratamento do câncer

Dia 8 de março é comemorado o Dia Internacional da Mulher e o tema sexualidade ...