segunda-feira , março 18 2019
Home / Beleza / Dicas para cabelos coloridos e brilhantes
shutterstock_221888593-e1415736765464

Dicas para cabelos coloridos e brilhantes

Os gêmeos Maurício Martins e Roberto Martins dão dicas para tratar os fios no pré e pós coloração

Maurício Martins e Roberto MartinsColorir os cabelos sempre foi a primeira opção das mulheres para renovar o visual e, acima de tudo, a autoestima. O que integra a galeria daquelas pequenas transformações que geram grandes mudanças internas. Antenados nas novidades e tendências, os profissionais vêm inovando nas técnicas e as colorações tradicionais ganharam aprimoramento nas suas composições, que vão além da cor, tratando, hidratando e somando ao resultado final, muito mais brilho e suavidade às madeixas.

Tantos avanços e possibilidades também trazem uma série de dúvidas, como qual a coloração mais indicada para cada tipo de cabelo, em que idade pode começar a colorir os fios ou como pode ser feita a pós coloração. Por isso, consultamos os gêmeos cabeleireiros Maurício Martins e Roberto Martins, do Salão dos Gêmeos (RJ), que nos deram algumas dicas que você precisa saber para mudar as madeixas sem preocupação.

Colorir prejudica os fios? Os gêmeos ressaltam que não, porém a hidratação precisa estar em dia. Colorir causa um desgaste da cor natural, mas não estraga os fios. É necessário que a tinta o produto usado para o procedimento contenha ativos capazes de manter a saúde capilar. Os fios precisam estar bem hidratados antes da coloração. Para isso, utilize produtos de qualidade com o acompanhamento de um profissional especialista em cor e faça a manutenção em casa diariamente.

Linha Ye Color Form Grupo Nuance e Ativadores da Yellow

Indicação: Uma linha que usamos aqui é a Ye Color Form, da Yellow, coloração em mousse desenvolvida especialmente para colorir todos os tipos de cabelos, inclusive os quimicamente processados, tudo no mesmo dia e na mesma hora. Ela tem entre seus ativos o Phytoscreen e o exclusivo Aloetrix, que trata e condiciona enquanto colore, proporcionando cores vibrantes e realçadas, máximo brilho, além de prevenir o foto envelhecimento dos fios. A proteção UVB, presente na coloração, mantém a cor por muito mais tempo.

Idade para colorir: a geração de hoje está sempre querendo estar na moda, por isso a pergunta é muito importante. As empresas do ramo de beleza capilar têm se adequado cada vez mais à máxima de “belo e saudável”. Os jovens já chegam acompanhados aos salões com seus responsáveis, prontos para saírem exibindo madeixas ousadas, coloridas e cortes modernos. Fica por conta de os pais determinarem a idade para tal procedimento. O cuidado é o mesmo para todos, sem regra.

Sem pressa para colorir: O ideal é esperar cerca de 20 a 30 dias entre uma aplicação e outra. Como todo processo químico, alterações contínuas podem danificar a estrutura dos fios. Colorações permanentes podem causar danos se não for respeitado esse intervalo. Hoje, no entanto, muitas colorações já são enriquecidas com hidratantes, que minimizam a agressão. Também existe a opção dos tonalizantes, indicados para quem não quer agredir o cabelo.

Dicas de ouro: para quem colore muito, a dica é hidratar sempre, usar produtos adequados conforme a estrutura capilar e nada de dormir com os cabelos molhados. Além disso, é preciso escolher um profissional qualificado, que faça a análise sobre a cor mais apropriada e use produtos de qualidade.  Também é imprescindível fazer o teste de alergia antes de aplicar a coloração.

www.salaodosgemeos.com.br
www.yeprofessional.com

Confira Também

mônica-5543

Frutas em cápsulas: aliadas da saúde e da beleza

Uma alimentação rica em frutas é essencial para uma vida saudável. No entanto, na correria ...