Home / Comportamento / Controle esse ciúmes
shutterstock_Jealous-Woman

Controle esse ciúmes

Em princípio ele é um sentimento tão natural como o tédio ou a raiva. Há um problema quando o ciúme extrapola o limite aceitável e entra no campo da paranoia: a pessoa está convencida, sem motivo justo ou aparente, da infidelidade do parceiro. E pior: passa a procurar “evidências” da traição a qualquer custo.

Como sabemos, manter uma relação não é tarefa fácil. E com o ciúme exagerado do outro lado da balança, não há sentimento que resista. Quer cuidar de seu relacionamento? Aprenda a contra-atacar o ciúme.  Vamos te dar 30 dicas essenciais:

  1. O primeiro passo é ter coragem de admitir que não está conseguindo ter controle sob suas emoções e que a relação está “doente”. Com isso em mente, meio caminho já foi percorrido.
  2. Caso goste de escrever, coloque tudo em um papel. Escrever sobre os próprios sentimentos ajuda a compreender o que se está sentindo.
  3. Conversar, conversar, conversar… O diálogo nunca deve faltar em um relacionamento. Verbalize o que sente! Outra coisa muito importante: A verdade é sempre mais fácil.
  4. Tenha a capacidade de se colocar no lugar do outro. Pense: “E se fosse o contrário, como eu estaria me sentindo?”
  5. Demonstre diariamente para o outro o quanto ele é importante e o quanto você adora estar neste relacionamento. Aprenda a fazer elogios.
  6. Cuide bem de si. Você se sentirá mais segura.
  7. Evite os pensamentos destrutivos. Substitua-os por outros que tragam segurança e confiança em si mesma.
  8. Se esforce para tentar ver sempre o lado melhor das coisas e aprenda a diferenciar o que é real daquilo que não passa de coisa da sua imaginação.
  9. Foque em fatos para que possa ver se realmente há um conflito a ser solucionado neste relacionamento.
  10. Ter um pouco de confiança no outro não dói. Até que se prove o contrário, todos são inocentes.
  11. Controle aquela sua vontade de iniciar um interrogatório sobre onde ele está e com quem está a cada cinco minutos. Ninguém aguenta isso!
  12. Quando você sentir o “impulso do interrogatório”, pense imediatamente em si mesma e faça alguma coisa de que goste muito.
  13. Converse com seu parceiro quando estiver tranquila e aberta ao diálogo. Esteja disposta a ouvir a versão dele também. Nunca queira discutir uma situação no meio da crise de ciúme!
  14. Passado fica no passado. Vire a página! Não justifique os seus ciúmes com fatos que já foram esclarecidos.
  15. Quando você sentir que a situação está saindo do seu controle, converse com uma pessoa discreta e de confiança sobre o que está acontecendo. Uma segunda opinião pode ser boa.
  16. Muitos fantasmas desaparecem quando você consegue falar sobre eles e crescem quando você os esconde ou nega. Então, coloque tudo para fora!
  17. Não tente culpar o mundo por seus problemas. Eles são seus e você deve tentar resolvê-los da melhor forma.
  18. Nunca se esqueça de que ciúme é um sentimento normal. O exagero que faz mal.
  19. Ameaças que nunca serão cumpridas desgastam a relação. Antes de discutir, tenha claro em sua cabeça se você está disposta a ir até as últimas consequências caso algo desagradável se confirme.
  20. Muitas mulheres ficam incomodadas com o fato do companheiro não demonstrar ciúmes por elas. Lembre-se de que as pessoas são diferentes e cada um tem sua forma de se expressar. Às vezes ele não quer que você saiba do ciúme que sente.
  21. Ocupe sua mente com alguma coisa. “Cabeça vazia é oficina do diabo”. Conhece essa?
  22. Não se precipite em uma situação. Ao vê-lo conversando com uma mulher, não vá logo imaginando uma traição. Ele pode estar apenas conversando com uma velha amiga ou companheira de trabalho.
  23. Relaxe um pouco: se ele quiser te trair irá fazer isso a qualquer momento, até mesmo dando uma escapadinha no serviço. Portanto, nada de se torturar com uma ida dele ao futebol com os amigos.
  24. Muitos homens traem na certeza da impunidade. Imponha limites com firmeza e seriedade. Deixe claro que se ele vacilar não terá perdão.
  25. Nada de escândalos em público. A única coisa que você conseguirá com isso é se expôr ao ridículo. Controle-se!
  26. Bisbilhotar a vida dele não é a solução. Ao invés de ceder à tentação de xeretar, veja isso como um alerta de que alguma coisa no romance precisa de atenção.
  27. Ciúme da ex, não! Ele escolheu estar com você, valorize isso. Ou melhor, valorize-se!
  28. Fingir que não liga para ele não funciona também. Nada de extremos!
  29. Buscar ajuda de um profissional pode ser a solução caso você não consiga ver claramente seus sentimentos ou se controlar.

su_kiskanclik_basa_bela_h155180_dafbeO teste a seguir foi por Eduardo Ferreira Santos, médico supervisor do Instituto Psiquiátrico do Hospital das Clínicas, e pode te ajudar a entender se o seu ciúme é normal:

Seu querido se atrasa para chegar em casa.Você:

  1. Fica preocupada, teme que algo de ruim possa ter ocorrido. Quando ele aparece, sente alívio.
  2. Fica preocupada, teme que algo de ruim possa ter ocorrido, mas também passa pela sua cabeça a hipótese de traição. Quando ele aparece, pede explicações e acredita no que ele diz.
  3. Fica enfurecida e começa a imaginar que ele está se divertindo com outra. Recebe-o de maneira áspera e desconfiada.
  4. Tem certeza de que está sendo traída e o recebe de maneira extremamente agressiva.

Você entra no quarto e vê seu namorado se despedindo ao telefone. Sua atitude:

  1. Pergunta simplesmente quem era.
  2. Especula sobre quem era e qual o teor da conversa.
  3. Espera a primeira oportunidade para investigar a última ligação recebida no celular dele.
  4. Acha que a ligação foi interrompida por se tratar de uma traição amorosa.

Toda quarta, é sagrado seu amado sair com os amigos. Você:

  1. Incentiva-o a cultivar as amizades e acha natural que ele tenha sua individualidade. Afinal, você quer o mesmo.
  2. Aceita, desde que saiba com quem ele vai sair, aonde vai e como pode localizá-lo.
  3. Não gosta, mas se vê obrigada a engolir. Controla a hora em que ele voltará para casa e liga durante o encontro no celular para se certificar de que está mesmo com os amigos.
  4. Não admite e faz o possível e o impossível para impedi-lo de sair.

No shopping com o lindo, você:

  1. Caminha ao lado dele e o ajuda nas compras.
  2. Presta mais atenção no jeito como ele conversa com as vendedoras bonitas do que naquilo que estão comprando.
  3. Nem entra naquela loja em que há uma mulher atraente. Muda de piso e fica de cara fechada.
  4. Desconfia que ele está olhando demais para a mulherada e vice-versa.

Ao encontrarem a ex dele, qual a sua reação?

  1. Age com naturalidade e conversa numa boa.
  2. Não consegue se manter indiferente e tenta atrair para você a atenção dele.
  3. Fica perturbada e constrange o seu querido ou a ex.
  4. Fica transtornada. Imagina que eles tramaram o encontro e pode até armar um escândalo.

Resultado:

Se respondeu mais A

Não é nada ciumenta. Você costuma dar atenção à relação, confia em si e no seu homem. Fique esperta apenas para que o excesso de confiança não se torne desleixo.

Mais B

Está na faixa da normalidade. Zela pelo relacionamento e está ligada nas situações que ameaçam o seu romance. Só não vale deixar que a sensação de perigo tome conta.

Mais A e B

Está no cenário ideal. Cuida do relacionamento e só sente ciúme quando percebe motivos reais.

Mais C

É uma ciumenta típica. Algo vai mal com você, com o seu namorado ou com a relação. Descubra o que é.

Mais D

Procure ajuda especializada. Seu comportamento revela um ciúme no mais alto grau, com risco de agressões físicas inclusive.

 

 

 

Confira Também

bichectomia 2

Bichectomia: técnica tem feito a cabeça das mulheres

O nome é bem estranho, mas esse procedimento tem como objetivo diminuir as bochechas. O ...