quarta-feira , março 20 2019
Home / Bem-Estar / Casais podem entrar em crise com a chegada do bebê
homem-olhando-com-cara-de-espanto-para-mulher-gravida-foto-stephen-coburnshutterstock-000000000000C8D4

Casais podem entrar em crise com a chegada do bebê

Normalmente, os casais planejam a gravidez e a chegada do bebê é muito esperada e motivo de felicidade. Mas nem tudo são flores. O nascimento da criança traz mudanças na rotina e nos hábitos dos casais e, se não foram bem administradas, poderão gerar uma crise no casamento, e até mesmo, o término da relação.

 

O mestre em Psicologia Antonio Elmo, diretor da Clínica de Psicologia Antonio Elmo, explica que quando o bebê nasce, todas as atenções se voltam para ele, e que isto é natural até certo ponto. “O casal deve ficar atento para não deixar os outros filhos de lado, e nem deixar as relações sociais com amigos e profissionais em último plano, e, menos ainda, a sua relação conjugal”, destacou.

Devido à mulher estar em tempo integral em casa cuidando do bebê, o homem nem sempre consegue perceber todas as dificuldades da mãe. “Os pais precisam ter uma noção muito clara de que o bebê é filho dos dois, portanto ambos têm tarefas a dividir nos cuidados com o bebê e isto é durante toda a vida. O homem que acha que tais atribuições são apenas da mulher, parece ainda estar no tempo das cavernas”, advertiu Antonio Elmo.

Neste momento, em que o bebê se torna prioridade na vida do casal, a vida sexual do pai e da mãe pode ficar prejudicada. Mas, de acordo com Elmo, o casal deve separar um momento do dia para se curtir e namorar. “O amor que sentem pelo fato de terem se tornado pais, não consome todo o amor dos cônjuges; pelo contrário, o incrementa. Há que separar os momentos de dar carinho e amor ao bebê do que será dado por um cônjuge ao outro. Normalmente, o momento mais propício é quando a criança dorme. Por isto, é importante, desde o início, estabelecer uma rotina de alimentação e sono para o recém-nascido”, ressaltou o mestre em Psicologia.

Portanto, é possível enfrentar esta fase de maneira mais leve, afinal, a chegada do filho é uma alegria para pai e mãe. “Bons sentimentos criam uma atmosfera de encantamento. A grande dica para que não haja conflito entre os pais nesta fase da vida é ambos deixarem o seu potencial de amor explodir. Amor gera amor, como gentileza gera gentileza. Cuidado gera cuidado, carinho gera carinho”, concluiu.

Confira Também

bichectomia 2

Bichectomia: técnica tem feito a cabeça das mulheres

O nome é bem estranho, mas esse procedimento tem como objetivo diminuir as bochechas. O ...