Home / Destaque / FIBROMIALGIA: O QUE É, QUAIS SINTOMAS E TRATAMENTOS
shutterstock_167978864

FIBROMIALGIA: O QUE É, QUAIS SINTOMAS E TRATAMENTOS

A dor é um dos fatores que atrapalham a rotina de treino do atleta. Se não houver um tratamento adequado e disciplina, algumas pessoas podem não retomar aos treinos. Nesse sentido, um dos principais problemas é a fibromialgia.

O que é fibromialgia?

Considerada como uma síndrome comum na qual a pessoa sente dores por todo o corpo por longos períodos, bem com a pessoa apresenta sensibilidade nas articulações, nos músculos, tendões e em outros tecidos moles. A fibromialgia está associada também à fadiga, distúrbios do sono, dores de cabeça, depressão e ansiedade. Entre alguns sintomas estão dor generalizada, fadiga, dificuldades cognitivas, como dificuldade de concentrar, prestar atenção e focar em atividades que demandem esforço mental. Além disso, também pode haver dor de cabeça recorrente ou enxaqueca clássica, dor pélvica e dor abdominal sem causa identificada, dormência e formigamento nas mãos e nos pés e até mesmo redução na capacidade de se exercitar.

As principais causas podem ser genética, infecções por vírus e doenças autoimunes, distúrbios do sono, sedentarismo, ansiedade e depressão. Há também dois fatores de riscos: histórico familiar e sexo, sendo mais comum em mulheres do que em homens, em especial naquelas entre 20 e 50 anos.

É comum em atletas?

Uma das causas pode ser a baixa produção do hormônio cortisol. Nesse sentido, quando há treino em excesso ou feito de forma inadequado, bem como insônia e uma má alimentação, o atleta poderá sofrer com essa síndrome. Por isso, a importância de fazer um treinamento com orientação e supervisão de um profissional, bem como ter uma dieta balanceada e descanso, seja entre os treinos ou também o sono noturno.

Pode continuar treinando?

É recomendado que se tenha um descanso ao organismo, para que se reduza o estresse que ocasionou a fibromialgia. Nessas situações, os exercícios mais recomendados são os cardiovasculares, com intensidade de leve a moderada.

Há algum exercício proibido?

Sugere-se que se evite atividades que aumentem muito a produção de cortisol, como exercícios realizados com muito barulho, muito frio ou fora da zona de conforto. É importante conversar com seu médico e ver quais as melhores atividades para você.

Quais os tratamentos?

Em geral, os tratamentos de fibromialgia são fisioterapia, programa de exercícios e preparo físico, métodos para alívio de estresse, incluindo massagem leve e técnicas de relaxamento. Além disso, dependendo do caso, pode-se recomendar o uso de medicamentos, que são usados em conjunto com o tratamento não medicamentoso.

Além disso, sugere-se também que a pessoa tenha uma dieta bem balanceada, evite cafeína, mantenha uma boa rotina de descanso para melhorar a qualidade do sono. Não se esqueça de consultar seu médico. Somente após o parecer e o diagnóstico dele deve-se voltar as atividades físicas, sempre com acompanhamento de um educador físico.

Confira Também

sinais-de-cancer-de-mama

Mês da mulher: médico fala sobre a sexualidade no tratamento do câncer

Dia 8 de março é comemorado o Dia Internacional da Mulher e o tema sexualidade ...