Home / Destaque / Tumor de bexiga do governador do ES chama atenção para o assunto
cms-image-000465190

Tumor de bexiga do governador do ES chama atenção para o assunto

Sangue na urina com vermelho vivo é o principal sintoma da neoplasia que atinge homens e mulheres

O governador Paulo Hartung retirou, recentemente, um tumor de bexiga, através de uma videocistoscopia e o assunto chamou a atenção da população capixaba. A neoplasia foi estimada pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca) em mais de 9 mil casos novos no Brasil no ano passado, entre homens e mulheres. O sintoma mais frequente é o sangramento visível na urina, caracterizado pelo vermelho vivo e sangue coagulado.

Foram esperados pelo Inca cerca de 7.200 casos novos em homens, e 2.470 nas mulheres, no período de 2016. Da mesma forma que outros tipos de tumores, o câncer de bexiga possui inúmeras chances de cura de acordo com o estágio em que é diagnosticado.

Procedimento retira lesão

O procedimento realizado em Hartung é chamado de videocistocopia, semelhante à endoscopia, onde a câmera é inserida com instrumentos para retirar as lesões. De acordo com a oncologista da Medquimheo Layla Torres, geralmente o tumor de bexiga está relacionado a tabagismo, infecções parasitárias, radiação e exposição a substâncias químicas. “Sangue na ruina, dor ao urinar, incontinência urinária, dor pélvica e nas costas, fadiga e perda de peso estão entre os sintomas da doença”, acrescenta a médica.

Os principais tipos de tratamento para a neoplasia são cirurgia, terapia intravesical, radioterapia e quimioterapia. Segundo Torres, é importante que todas as opções sejam discutidas entre médico e paciente. “Os possíveis efeitos colaterais e todo tratamento deve ser pensado em conjunto, visando a melhor adaptação às necessidades de cada pessoa”, conclui.

Confira Também

sinais-de-cancer-de-mama

Mês da mulher: médico fala sobre a sexualidade no tratamento do câncer

Dia 8 de março é comemorado o Dia Internacional da Mulher e o tema sexualidade ...